Uma palavra

Pseudo-letrados, meditadores de profundis, interventores em procrastinação, falsários, versejadores em regime de plagiato, juízes de pés de sarro, advogados de causas pútridas. expositores de chagas íntimas e pústulas em lugares esconsos, fotógrafos profissionais de pores-do-sol e as suas derivadas exclamações de espanto, eminências parvas da escrita criativa, enciclopedistas do futebol e da política, opinadores de barbearia, ratos-de-esgoto vestidos de elefantes persas. Estes e outros peixes de semelhante calibre embrulhados e em festim apoteótico nas REDES sociais.

Mensagens populares deste blogue

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue

A viagem