Da série «Títulos que parecem micro-ficções»:

Viver todos os dias cansa
(Pedro Paixão)

Primeiro morrem os sonhos
(Harold Robbins)

Recordações da Casa dos Mortos
(Dostoiévski)

Do androids dream with electric sheep?
(Phillip K. Dick)

O Deus das Pequenas Coisas
(Arundhati Roy)


Sem comentários:

Enviar um comentário

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...