INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

ninho

    Na ponta do seu bico, carregando os materiais para o tronco mais robusto da árvore, a exótica avezinha foi construindo o seu ninho.
Pedaços de vidas, farrapos de ideias e opiniões, ligações abreviadas, promessas para o vazio e fios de memória.
Uns após outros, ligava os materiais, unindo-os e entrançando-os, na paciente construção dum ninho sem prazo e sem fim.

Geena

                No rincão das matas enegrecidas, onde as árvores carbonizadas se assemelhavam a costelas fraturadas do corpo de uma ...