Ponto de viragem


apesar da sua importância não foi a vizinhança da morte que a fez erguer-se no alto da sua coluna e começar a lutar nem as amizades traídas as relações sórdidas a dor e o azedume o estupro e a droga não foram as lições dos poucos mestres que conheceu o exemplo dos pais ou dos personagens dos filmes as súplicas da mãe e da irmã mais velha ou a violência de todos os que povoavam o seu mundo e nem mesmo o foi o carinho do seu primo Luís, o único amante que teve que a tratou bem e foi seu amigo e seu refúgio antes de se afastar por prudência da sua alma em banho-maria de trevas e do seu corpo tornado feio pelas seringas e pela fome

a única coisa que a fez erguer-se no alto da sua coluna e começar a lutar foi na verdade a imagem duma abelha aurinegra a brilhar como uma epifania na coroa de flores pousada no caixão da sua mãe que era descido para a cova

Sem comentários:

Enviar um comentário

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...