roma e amor

   - Estar ao pé de ti é como regressar a casa depois de uma longa e dolorosa viagem, um regresso que me completa porque tu és tudo aquilo de que preciso para me sentir inteiro e vivo. As coisas são muito simples - tu és tudo o que faz sentido, e longe de ti ando completamente perdido. Achas que temos hipóteses os dois? Os dois juntos...
   Ela desviou o olhar da cara dele enquanto um leve rubor lhe coloria as faces. Mas aceitou o seu braço reconfortante a envolver-lhe os ombros, e a pressão meiga da mão dele em volta da sua.
   - Claro que sim - respondeu por fim, com a voz perturbada pela emoção - nós sentimo-nos assim um com o outro, e temos a vida toda pela frente. Havemos de arranjar uma maneira, um espaço para nós.
   Ele sorriu, nitidamente aliviado, e beijou-lhe a face onde perlava uma pequena lágrima de felicidade. Quando quis continuar o diálogo, entrou no quarto a funcionária da instituição, que masquiu em tom brincalhão.
   - Meninos, meninos...Não posso deixar-vos sozinhos que começam logo a namoriscar. Senhor Melo, faça-me um favor, conduza a sua cadeira de rodas para a sala de jantar, que já se está a chegar a hora da refeição, e eu ainda tenho de mudar a argália à sua amiga.
   O idoso obedeceu, mas antes de cruzar a porta, piscou o olho à dama acamada, que sorria de olhos baixos, um pouco envergonhada.

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue