INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

entretenimental

   O Escrevedor de Parábolas, só conseguia criar uma parábola quando uma outra parábola morria nas antípodas.Um dia, ele próprio morreu, ao mesmo tempo que no outro lado do mundo, nascia um novo Escrevedor.

   (enquanto escrevo isto, e neste preciso momento, há uma parábola a agonizar nas antípodas. Quase consigo visualizar a sua agonia, e os movimentos desconexos das suas plumas coloridas de ave ou grifo).


Sem comentários:

Enviar um comentário

Amor

O seu amor é feito de vidros que cortam, isso era tudo o que sabia dizer e que poderia até ambicionar dizer-lhe se surtisse a ocasião ou...