o caminho de volta

   Era uma vez um menino apressado num caminho de gravilha à entrada dum bosque. O menino encontrou uma tartaruga, uma velha e sábia tartaruga, que lhe disse: "Descansa um pouco. Eu sei de muitas histórias e vou contar-te uma. A história começa assim: Era uma vez um menino apressado num caminho de gravilha à entrada dum bosque...".

Sem comentários:

Enviar um comentário

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...