INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

Mão que fere - 1

   O seu pai tem a mão pesada, e quando encontrava oportunidade ou pretexto, arriava-lhe de bom grado. Depois disso, o pai ficava a pensar no assunto, e as conclusões a que chegava eram quase sempre as mesmas: “Tanta gente com bons filhos, que os estimam e cuidam deles, e a mim tinha logo de me calhar um que gosta de bater!”.

Sem comentários:

Enviar um comentário

O Processo de Jesué Nazareno

     Texto original que foi submetido a um concurso literário (sem sucesso), transita aqui para o arquivo morto desta página, para o caso da...