fait-divers

   Sala de espera do consultório do médico. Pego timidamente num jornal pousado numa mesinha e leio as gordas. E digo timidamente, porque esperava ser chamado a qualquer instante. Mas não sou. Como a espera se prolongasse, começo a ler as magras e, uma hora depois, quando finalmente sou chamado para a consulta, já começara a ler as anorécticas.

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue