INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

cidade invisível

   Há três anos, mais coisa, menos coisa, que tenta encontrar a saída da cidade onde se encontra. Não sabe como foi ali parar, nem sequer, como ela se chama. E o mais estranho é que quando pergunta o seu nome, respondem-lhe que se chama Cidade Eterna, mas quando inquire ao seu interlocutor se ele refere a Roma, este nega sempre, com extrema e tranquila polidez.


Sem comentários:

Enviar um comentário

O Processo de Jesué Nazareno

     Texto original que foi submetido a um concurso literário (sem sucesso), transita aqui para o arquivo morto desta página, para o caso da...