INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

Reunião de família

     Os convivas sentaram-se todos à mesa, estranhos convivas, na verdade. Na ala direita da mesa, um leão sentado, um rinoceronte, um hipopótamo e um zebu. E defronte a eles, também sentados como podiam, em cadeiras ou no chão, um elefante, uma girafa, um touro da Hircânia, e um corpulento javali. Era um verdadeiro jantar, porque eram animais mas também pessoas de verdade. Comiam como animais e conversavam efusivamente como peixeiras ou barbeiros em função. Na mesa ainda havia um lugar vago, e um prato (diminuto) vazio. O comensal a quem ele se destinava chegou atrasado, subiu por uma das pernas da mesa e posicionou-se junto ao prato com as patinhas dianteiras de barata a esfregarem-se uma na outra.
     - Gregor, pobre Gregor - susurrou o leão para o rinoceronte, o seu parente mais próximo entre os Samsa - sempre com os seus complexos de inferioridade.

1 comentário:

  1. estás inspirado de fato!
    Eu gostei muito deste jantar e da observação do leão sobre Gregor!

    ResponderEliminar

O Processo de Jesué Nazareno

     Texto original que foi submetido a um concurso literário (sem sucesso), transita aqui para o arquivo morto desta página, para o caso da...