Reciprocidade

   Viver em sociedade foi para ele uma longa aprendizagem da reciprocidade, e revelou ser nisso um aluno brilhante. Alguém fazia-lhe um favor, ele fazia outro em troca, uma atenção por outra atenção, uma ajuda por outra ajuda, um trabalho pelo pagamento desse trabalho, a lealdade para com aqueles que lhe eram leais, a amizade pelos amigos. Só falhou no nobre exercício da reciprocidade quando um bandalho qualquer o matou.

1 comentário:

  1. este, muitas vezes, é o fim dos pacíficos. Conheço um que assim foi, além dos famosos; meu pai.

    ResponderEliminar

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...