On the road

   A um dos lados da pista do aeroporto encontravam-se os dois aviões que haviam colidido, um fizera um rombo na outro, próximo à carlinga - havia asas quebradas, e pequenos destroços em cima da pista e na erva da berma. À distância convencionada, ambos os pilotos haviam armado os triângulos e agora, com os coletes reflectores vestidos, preenchiam em sintonia a Declaração Amigável de Acidente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...