Para ficar mais leve, confiou as suas lembranças e recordações à mulher. Mas a desavergonhada despojou-o delas, roubou-as para sempre, deixando-o vazio e meio perdido. 
Ela não tinha nada que morrer tão cedo!

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue