Os malabaristas do circo fizeram uma sociedade na lotaria e saiu-lhes a sorte grande. Agora, brincam aos circos nos coqueiros de praia da costa do Malabar.

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...