Depois de mim...

- Amor, já viste que o Duarte, da Quinta de S. João, tem uma lancha enorme em cima dum atrelado, frente à casa?
- Sim, vi, vê-se bem da estrada.
- Estou preocupada...estou mesmo preocupada...
- Por ele ter uma lancha? Estou-te a estranhar, achava que não eras invejosa, e que tanto te fazia que os outros tivessem uma lancha, um iate, ou um patinho de borracha na banheira.
- Não, não é por isso. É que, quando passei, ele estava a fazer entrar na lancha todos os animais que tem na quinta, ou animais de todas as espécies, porque era só um casal de cada.

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue