Caminho

- Desde que nasci que ando à procura da minha casa!
- E onde é que fica a tua casa?
- O infinito é a minha casa!!
- Caramba! Isso fica longe, deves gastar umas quantas solas de sapato para lá chegares!

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...