Muitas vezes, a sinopse editorial dum novo livro é como uma biópsia literária que retira deste a melhor análise possível, para nos facilitar a entrada num corpo de textos enfermos e a apodrecer.

Sem comentários:

Enviar um comentário

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...