INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página
Trabalhador dedicado e obediente, um cidadão empenhado de modos finos e educados, leal na amizade, na política e no desporto; mostrava-se atento aos sucessos e problemas do mundo e da sociedade. 
À entrada de casa, ao lado do bengaleiro, tinha um cabide onde pendurava a máscara que estivera a usar (nunca ninguém vira o seu verdadeiro rosto).

1 comentário:

  1. pois...ser bonzinho pode dar nisso.

    ter óptimos resultados para os outros e muito maus para si próprio - na altura de tirar a máscara.

    ResponderEliminar

Amor

O seu amor é feito de vidros que cortam, isso era tudo o que sabia dizer e que poderia até ambicionar dizer-lhe se surtisse a ocasião ou...