INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página
«Ultrapassei, há mais de trinta anos, a Idade dos Porquês, e desde então, persisto na Idade dos Para Quês. Para que é que eu me levanto todos os dias da cama?! Para que é que eu continuo a fazer peso ao mundo e a constranger as pessoas?! Para que é que eu continuo vivo e me dou a tanto trabalho?! Para quê?!».

Amor

O seu amor é feito de vidros que cortam, isso era tudo o que sabia dizer e que poderia até ambicionar dizer-lhe se surtisse a ocasião ou...