MADágio

Nunca ouças os conselhos do travesseiro, são os ácaros que os inventam.

Nunca deixes para amanhã o que não podes fazer hoje, o proibido reclama urgência.

A água dum rio nunca passa duas vezes no mesmo sítio, por isso não penses muito se tiveres a bexiga cheia.

Atrás de cada grande homem, há uma grande mulher, ou uma sombra á altura.

Passa por debaixo da escada se não fores supersticioso, ou sofreres de vertigens.

A liberdade de cada homem acaba onde começa a liberdade do outro, ou a sua rede de arame farpado e/ou o seu campo de minas.

Se vives a espreitar para a casa dos outros, ao menos mostra a delicadeza de lhes limpar os vidros.

Dentro de ti, há uma criança que quer sair, liberta-a pela linguagem, ou toma epidural.

Segue o conselho que todos os infelizes dão para alcançar a felicidade, e depois, sê infeliz por iniciativa própria.

O mundo está repleto de poesia e amor, por isso, não saias de casa sem um bom anti-alérgico.

Quando encontrares uma encruzilhada que não possas ou consigas vencer, experimenta fazer campismo nesse lugar.

A matéria é igual á energia. Recarrega-te com objectos e passa ao nível seguinte do jogo.

Sê probo nos teus actos, veste uma capa á proba de água e não te deixes enlamear.

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue