Hamelin 2


O Flautista de Hamelin, percorreu as ruas duma cidade hodierna, fazendo soar a sua flauta mágica por entre as fachadas dos prédios e os pilares dos viadutos. Quando saiu da cidade, era seguido por milhões de ratos, que ninguém mais tornou a ver, como ao jovem misterioso que os atraiu para longe dali.
Levou várias semanas, para que as lojas de informática conseguissem completar os computadores pessoais danificados.

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue