Aprendizagem

Um icebergue desce o Atlântico ao sabor das ondas, e no seu dorso viaja um pinguim, ou o que resta dele. Ouve-se o barulho das pás de um helicóptero que desce ao seu encontro. Uma ave-do-paraíso jovem desce a escada de corda com um microfone na ponta da asa, enquanto outra ave-do-paraíso, mais velha e experiente, o observa da porta do engenho.
- Senhor pinguim, o que é que acha do aquecimento global? – Pergunta o repórter ao pinguim defunto.
- Estúpido estagiário! – Grita o mais velho do alto – a pergunta tem de ser colocada no pretérito!

1 comentário:

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...