INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

Eureka!

O meu amigo Vargas cursou Direito porque achou que era uma profissão com muito futuro, e viu-se formado em advocacia numa sociedade e numa cidade a abarrotar de advogados, eram às centenas, atulhando as empresas e firmas, preenchendo todos os espaços como formigas dentro dum açucareiro. O Vargas andou uns tempos descoroçoado, duvidando que tivesse escolhido o curso certo, mas quando o reencontrei, estava ele numa esplanada do café e chamou-me de longe, oferecendo-me uma cerveja. Sentei-me ao seu lado, a bebericar a cerveja, e deu para ver que o Vargas estava eufórico, renascido.
- Os dias cinzentos acabaram, descobri que o segredo de exercer advocacia é a especialização - e prosseguiu numa voz mais miúda, sigilosa - vou montar um escritório, vocacionado para proporcionar o habeas corpus em pessoas com prisão de ventre.

Rainha

                Subiu lesto os parcos degraus que separavam o átrio do hotel do recinto sobrelevado onde haviam instalado a receção. Ab...