INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página
Entre a parede e o poste, havia um círculo de luz, intenso como lava, que nada tinha a ver com esses raios trémulos coados pelo bailado das folhas da videira, nesse espaço iluminado entre a terra e o céu ou entre o inferno e aquela, aglomeravam-se os moscardos como abelhas nos favos. Olhando para eles, Gervásio não conseguia perceber o que é que atraía aqueles insectos nojentos àquele espaço de tijolo e reboco esfarelado, podia ser do odor das fêmeas no cio, ou a a sedução dalgum cacho esmagado contra a parede cujos vestígios tivessem maturado num vinho inebriante. De todas as formas, Gervásio enojava-se de os ver ali, tão perto de si e sempre a zumbirem e, quando se sentia com forças, erguia-se do cadeirão sob as vides suspensas, e tremendo com as mãos aferroadas ás bengalas, aproximava-se deles e aniquilava uns quantos à bordoada. Quando retornava ao seu pouso, exangue e cansado, os moscardos voltavam ao seu lugar de eleição, tão numerosos como antes. Num fim de tarde em que se preparava para se refugiar em casa aos primeiros sinais da aragem fria do entardecer, viu um dos moscardos pousado no braço do cadeirão, a um palmo da sua mão. Pensou de imediato em esmagá-la com força, mas fez algo insólito, aprisionou o insecto dentro da mão em concha, e com os dois dedos da outra mão, explorou o interior dessa gaiola improvisada e conseguiu segurá-lo pelas asas translúcidas. O que fez em seguida parecia inevitável e ditado por alguma sina longínqua, esticou-se sobre a mesa e alcançou a lupa na outra extremidade, o neto deixara-a ali quando estivera a exibir a sua colecção de selos, e agora iria ser-lhe útil. Erguendo o insecto à luz, centrou-o nas lentes arredondadas da lupa, e estudou a criatura. Era como todos os insectos do género, pegajoso e repugnante, com dois olhos enormes e patinhas e pêlos minúsculos distribuídos corpo. Naquele instante, e vá o diabo perceber porquê, aquele insecto fez-lhe lembrar o Amílcar, o Amílcar da campanha em França, o Amílcar das patuscadas e das bebedeiras. Eram como irmãos, mas com o fim da guerra deixara de o ver e nada soubera dele durante anos a fio até lhe contarem que havia morrido em casa, a vomitar sangue na cama, e a recordação mais viva que guardava dele era particularmente agreste, ele e o Amílcar andavam a fazer a ronda numa aldeia em ruínas e surpreenderam um grupo de soldados que se serviam do corpo de uma mulher, uma mulher quase menina, batiam-lhe e penetravam-na à vez entre gritos e urros. Usando as coronhas das armas, os dois conseguiram fazer dispersar aquela alcateia de violadores, e, enquanto eles corriam dali para fora, ele e o Amílcar despiram as calças e tomaram o lugar deles sobre a jovem desmaiada. Pousou a lupa, e soltou as asas do Amilcar. Os moscardos continuavam engalfinhados sobre a nesga de tijolo iluminada pelo sol do fim do dia. Gervásio ergueu-se a custo sobre as bengalas. A aragem fria no seu rosto lavado em lágrimas, pareceu-lhe um sinal de que a morte se avizinhava, rindo-se dos seus medos.

A sombra dos dias

               Um galão direto e uma torrada com pouca manteiga  - pediu a empregada no balcão à colega. Podia até ter pedido antes,...