Tristão Alves bateu o recorde europeu dos dez mil metros, mas o seu recorde durou apenas algumas horas porque se descobriu que correra dopado com hormonas. "É uma injustiça atroz" - terá declarado o atleta, off the record.

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue