Antes de partir para a costa, acomodou na bagageira do carro os seus apetrechos de pesca - a cana semi-profissonal, o estojo com anzóis e bóias, o balde de iscos, e um arpão, um arpão de aço com metro e meio, enrolado em lona. Era um optimista e gostava de estar preparado para todas as eventualidades.

Sem comentários:

Enviar um comentário

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...