Mais surdos do que absurdos


Em tempo de balanços e ressacas, organizei mais uma "colectânea" doméstica de textos deste blogue que ultrapassaram o prazo de validade.

Dei-lhe o título de Surdos e Absurdos, e coloquei-os em dois miradouros distintos: o SCRIBD, e o (howdo) YUDU, o primeiro mais prático, o outro mais elegante.

Chega atrasado como prenda de Natal, mas bem a tempo de fazer companhia ás passas do Ano Novo (não às do Algarve, espero).

2 comentários:

  1. Obrigada José! Que belo presente,
    que o novo ano te encontre pleno de idéias e muita criação.
    um abraço amigo da Angela.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado Angela, o mesmo para ti.
    (2010 é o ano da nova Odisseia;)

    Um abraço

    ResponderEliminar

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...