(Estranho destino, o dos plátanos plácidos, a quem o frio vai despindo na sua bonomia, enquanto o vento espalha as suas roupas que dançam entre os nossos passos como se executassem um bailado de despedida)

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue