INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

A velha senhora está a passear no meio do pinhal, colhe cogumelos para um saco, e ouve o ladrar de cães e os tiros de caçadores, não muito longe. Nisto passa uma lebre em fuga e ela incita como se rezasse – corre, lebre, corre! Concorrendo com estas palavras soa uma detonação muito perto, cujo eco nas árvores parece repetir: morre, lebre, morre!

A sombra dos dias

               Um galão direto e uma torrada com pouca manteiga  - pediu a empregada no balcão à colega. Podia até ter pedido antes,...