tsantza

Em outros tempos, os índios Jívaros cortavam a cabeça dos seus inimigos e encolhiam-nas até ficarem do tamanho dum punho. Mas isso foi em outros tempos, hoje, dizem, os Jívaros já não fazem isso. As cabeças, essas fazem pela vida, entregues á actividade política.

Sem comentários:

Enviar um comentário

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...