INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

Esforço, Dedicação, Devoção e Glória!

O grande clube de futebol iniciara um declínio lento, uma espiral involutiva sob o peso de dirigentes medíocres e saqueadores oportunistas. Pouco a pouco, os bons resultados desportivos começaram a ser cada vez mais raros e o património mais rarefeito, sobretudo, o seu capital mais precioso, a devoção e confiança dos adeptos. Um dia, sem grandes surpresas, fechou as portas, calando ao mundo a visão dos empresários-abutres que lhe disputavam os restos mortais como haviam disputado os parcos bens que antes conservava. E o que fazer com Leo, o envelhecido mascote do clube? Gracinda, mulher-a-dias e adepta ferrenha do clube, ofereceu-se para ficar com ele. Sem que ninguém se opusesse, levou o leão pela trela até ao seu apartamento, abriu-lhe uma lata de comida para gatos, e escovou-lhe a juba enquanto assistiam os dois à telenovela da noite.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Rainha

                Subiu lesto os parcos degraus que separavam o átrio do hotel do recinto sobrelevado onde haviam instalado a receção. Ab...