(Só é preciso conseguir parar um pouco, ter coragem e determinação para parar um pouco, para nos apercebermos de que as coisas e os planetas continuam a andar á mesma sem o nosso esforço esgotante de todos os dias).

Sem comentários:

Enviar um comentário

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...