INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

Agridoce

Para compensar a sua pouca habilidade nas artes venatórias, decidiu usar um galgo para a caça à lebre no Alentejo, mas isso não lhe trouxe mais caça nem mais motivos para se vangloriar perante os seus companheiros de caçada. Uns anos mais tarde, os seus empregados queixaram-se de que a ventilação das suas minas era insuficiente, e que conseguiam sentir o cheiro do metano. Céptico, foi verificar pessoalmente. Para não ficar intoxicado, levou um pardal dentro duma gaiola e foi descendo a mina, sempre atento para ver se ele manifestava algum comportamento invulgar. O pardal não deu nenhum sinal que o alarmasse, mas ele ficou no fundo da mina, adormecendo primeiro antes de adormecer de vez.
A moral da história é só uma - para algumas coisas, não se deve usar animais empalhados.

2 comentários:

  1. Esta está óptima! (Ou ótima?)

    ResponderEliminar
  2. Obrigado!
    Na ortografia é natural que se continue a vacilar, é agridoce o contraste entre os sabores com que fomos criados e os que começam agora a impor-se. Vai levar tempo...

    ResponderEliminar

Rainha

                Subiu lesto os parcos degraus que separavam o átrio do hotel do recinto sobrelevado onde haviam instalado a receção. Ab...