Unidade plural

Vivia evadindo-se, da rotina e dos hábitos entranhados, do trabalho maquinal e chato, dos pequeninos gestos que eram enfastiantes, e que tinha de repetir todos os dias, das caras das pessoas que aos seus olhos se semelhavam a máscaras de gesso.
Quase sempre, evadia-se vestindo outros personagens e outras vidas, mudava de nome e de profissão, e sobre-vivia como um pintor, um milionário, uma estrela de futebol, um poeta com obra publicada; e a cada personagem fazia corresponder uma diferente história pessoal, manias e hábitos, sonhos e paixões.
Quando o seu ser recorrente e rotineiro morreu, houve uma mortandade silenciosa de heterónimos nas salas de chat.

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue