INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

Piramidal

- Quando é que o meu túmulo ficará concluído? – inquiriu Quéops a Usermaat, o seu arquitecto-mor.

- O meu trabalho está pronto, só falta o trabalho dos artistas, mas como dizem os padres de Ienu, o seu túmulo não o protegerá.

- Serei imortal!

- A tua alma na barca de Rá será imortal, mas o teu corpo será profanado e desaparecerá, apenas ficarão as paredes nuas e esse imenso sarcófago de pedra em que poderia caber um gigante.

- Falas como se tivesses dentes na garganta, Usermaat, falas assim ao teu rei, filho do deus-sol, porque sabes que terás de morrer hoje, e arder com os teus planos. Mas repito-te, serei imortal, e serei o mais feliz dos imortais, e isto durante séculos e séculos, e sabes porquê?

- Diz-me, meu senhor!

- Porque no alto da barca do sol, terei sempre motivos para me rir com todas as parvoíces que serão ditas sobre a pirâmide que terá o meu nome.

4 comentários:

  1. Espero que meu pai, em algum lugar, quem sabe na barca do sol, possa ler este teu conto. Como apaixonado e conhecedor do Antigo Egito, iria se deliciar com isto!

    ResponderEliminar
  2. Então deve ter apreciado as teorias sobre a grande pirâmide. Há algumas geniais, como a que afirmava que a grande pirâmide servia de farol para os caravaneiros que atravessavam o deserto, ou que ela fazia chover, deflectindo para as nuvens os raios cósmicos. E isto só para mencionar duas

    ResponderEliminar
  3. Nem acreditas, josé. Estive visitando as pirâmides fazem mais de trinta anos. Pois bem, havia um moço com boa posição social que afirmava não crer que elas fossem antigas. Teriam sido feitas no século XX para atrair turistas. Qualquer outra coisa é melhor que isto, não acha?

    ResponderEliminar
  4. :)
    Nalguns casos, é excesso de imaginação, noutros, é apenas ignorância excessiva.

    ResponderEliminar

Amor

O seu amor é feito de vidros que cortam, isso era tudo o que sabia dizer e que poderia até ambicionar dizer-lhe se surtisse a ocasião ou...