"João Alves Aniceto, atirador olímpico, voltou às páginas dos jornais, mas por motivos diversos. A polícia viu-se obrigada a intervir e levá-lo para a esquadra depois de Aniceto ter disparado vários tiros durante a noite passada, tiros que tiveram como único alvo as paredes interiores da sua casa. Questionado pelos agentes, João Aniceto afirmou que só estava a tentar acertar na mosca".

Sem comentários:

Enviar um comentário

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...