INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

Um contabilista no paraíso

Evento social, e a nata da sociedade a conviver nos jardins do milionário sob as objectivas dos fotógrafos. Glamour, perfumes, o céu na terra. Enquanto a orquestra toca junto á piscina e os serviçais transitam com bandejas de prata com bebidas e aperitivos, alguém alerta o dono da casa que há um homem nos jardins a levar coisas. Ele vai pessoalmente verificar, escudado pelos seus seguranças, e vê um sujeito a encher um carrinho de mão com os vasos e anões decorativos dos relvados, e que agora começa a embrulhar em jornal, as taças vazias de vidro que os convidados vão largando pelo jardim. Com receio do escândalo, ele interpela o homem com bons modos.
- Eu o conheço de algum lado...mas porque é que você me está tirar estas coisas?
- Preciso realizar uma venda de garagem para comprar comida, mas não se preocupe, eu depois digo-lhe quanto consegui por estas peças, para você deduzir nos salários em atraso que me deve há seis meses.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Rainha

                Subiu lesto os parcos degraus que separavam o átrio do hotel do recinto sobrelevado onde haviam instalado a receção. Ab...