Onde existam palavras e mensagens, a ironia e o absurdo prosperam como ervas viçosas nos claustros em ruínas, ou a galgar as paredes como a hera para povoar os nichos vazios de ícones.

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue