Gramática, ou a morte do imperador

Perante a multidão revoltada que pedia pão em frente ao palácio, armada de gadanhas e fuzis, o imperador gritou-lhes de uma varanda: "Não hão pão para vocês!".
E isso foi um grave erro de concordãncia.

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue