Maria tinha uma família pequena, uma filha e um companheiro que era o pai da sua filha, e os três viviam numa casa pequena, onde também existia um cão que quase se poderia considerar da família. Ainda assim, era uma família pequena, nuclear. Que não durou muito tempo, e explodiu, um pouco mais de meio século depois da explosão de Hiroshima.

3 comentários:

  1. maria.c16:37:00

    muito melhor o tamanho agora...protege os meus olhos!

    ResponderEliminar
  2. Até k enfim, não é? ;)
    Lembro-me que foi essa a tua única objecção quando iniciei este template.

    ResponderEliminar

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...