INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

Educar

- Pai, não é preciso corrigir-me de novo. Está bem?
- Porquê? É missão sagrada de qualquer pai corrigir os filhos, para que eles falem correctamente e sem erros.
- Mas isto é um exagero!
- Ouviste o que disseste? Pronuncias exagero como ezsagero. Não achas grave?
- Mas hoje é um dia de festa, quero divertir-me e não, ter-te sempre a zunir ao meu ouvido como o gafanhoto do Pinóquio.
- Eu sei que é dia de festa, mas lá porque estão a celebrar o teu jubileu como professor universitário, achas que devo suspender a minha incumbência como pai?

A sombra dos dias

               Um galão direto e uma torrada com pouca manteiga  - pediu a empregada no balcão à colega. Podia até ter pedido antes,...