ocaso

Um conhecimento momentâneo, vago e superficial como todos os conhecimentos travados de passagem e abandonados ao acaso.
o olhar dela à janela, suspenso do seu rosto cansado, observando o ângulo do candeeiro de luz à luz mortiça do entardecer,
e o corpo em queda da vizinha do terceiro, que descia de mais acima, sem que ela conseguisse ver pela sua cara, como tinha sido o seu dia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...