Autor: Já não me preocupo com aquilo que escrevo, a minha editora trata de tudo - dei-lhes carta-branca para me editarem.
Amigo do Autor: E estás satisfeito com isso?
Autor: Humm! Médio...gostei do trabalho que eles fizeram no meu rosto, mas fico sempre um pouco atrofiado no meio desta capa dura, e nem posso sair á rua em dias de vento por causa das badanas...

Sem comentários:

Enviar um comentário

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...