INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

Notas de trabalho de um ghostwriter

2 de Abril
Recebi o mail de ALB, solicitando-me que escreva o seu novo romance. Um segundo mail descrimina o enredo, que é, sumariamente este: um médico em Angola, durante a guerra colonial, sonha criar um hospital moderno e bem apetrechado no meio da savana, o Cubata Lounge, mas é ostracizado pela comunidade branca, que boicota o seu trabalho e o obriga a regressar à metrópole, onde retoma o seu sonho, erguendo do nada um hospital no interior transmontano, onde é ostracizado por todas as comunidades - situação agravada por um trauma de guerra que o faz dar tiros para o ar com a sua G3 em noite de S. João, e por uma paixão tensa e violenta por uma enfermeira com predilecções sado-masoquistas.
Orçamento médio. Já escolhi os nomes para as personagens e fiz pesquisa sobre os lugares onde a trama se desenrolará. A encomenda não deve apresentar dificuldades, conheço sobejamente o estilo de ALB, e já é a terceira obra que me encomenda.

7 de Julho
ML assinou o contrato para a redacção dos seus textos de prosa poética, e providenciou-me diversas folhas manuscritas que estou a tentar decifrar. Orçamento topo de gama. ML quer o exclusivo durante a elaboração do original, porque se sente inspirada e grava todos os dias os seus improvisos literários, para eu transcrever.
Nota: Perguntar a ML se devo proceder ao registo onomatopaico dos seus gritos na cama.

8 de Agosto
Trabalho assombrado. O Centro de Pesquisa Atómica apresentou-me os dados das pesquisas do último ano, para eu redigir uma exposição. O dinheiro é bom, mas não possuo os requisitos. Procurar um ghoswriter habilitado, para trabalhar em regime de sub-empreitada.
Adenda: encontrei o ghostwriter, é o chefe de pesquisa do Centro, que aceitou o trabalho porque eu pago-lhe por isso. Mas exige que o ex-líbris com o seu nome apareça em todas as folhas do relatório.

21 de Setembro
Acertados os detalhes com Den para eu coligir os seus artigos de crítica literária para uma obra a publicar em 2010. Curiosidade. Eu e Den parecemos sósias, descobrimos isso durante a reunião. Den propôs que trocássemos de trabalho por uma semana, porque começa sentir-se incomodado com mails "intimidatórios" que lhe estão a enviar, nos quais querem obrigá-lo a comprar uma réplica de um Rolex. Concordei, mas avisei-o que não é fácil atravessar paredes.

23 de Outubro
Al veio me mostrar o Prémio Pulitzer que ganhei através dele. Ao contrário do que ele afirma, eu tenho estômago. O estômago de Al é que não é grande coisa, ainda não comeu metade do livro premiado, e já diz que se sente mal disposto.


Links externos:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Rainha

                Subiu lesto os parcos degraus que separavam o átrio do hotel do recinto sobrelevado onde haviam instalado a receção. Ab...