- Tu és tudo para mim - disse, em desespero - és a minha Clave de Sol e era contigo que todas as músicas começavam em mim. O que é que eu faço agora?
- Shhhiiiuuu!

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue