Sexo bio-mecânico

- Agora, estás entre a espada e a parede! - proclamou o andróide à sua companheira ginóide.
- Com tantos acessórios que tens, isso parece mais um canivete suíço!

1 comentário:

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...