Plano furado

O espertalhaço casou-se com uma mulher muito velha e muito rica, no fito de enriquecer, viúvo. Mas foi ela que o enterrou, depois duma das suas costelas salientes lhe perfurar o peito durante o coito.

Sem comentários:

Enviar um comentário

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...