A nave espacial alienígena aterrou nos jardins da Casa Branca.
Foi lançado logo um alerta vermelho. Em poucos minutos, o engenho estava sobre a mira de canhões e raios laser, e o Presidente escondido num bunker a ver pela televisão.
Abriu-se uma porta, e dois seres a caminhar sobre cinco pernas abriram um buraco no relvado com utensílios semelhantes a pás, voltaram para dentro da nave e trouxeram um Padrão dos Descobrimentos que erigiram no centro do buraco, enchendo o resto do espaço com terra e calcando-a com os seus pés numerosos.
Voltaram novamente para a nave e, aproveitando a trégua, avançou ao seu encontro um PR da Casa Branca para encetar um primeiro contacto diplomático, no preciso momento em que os extraterrestres saíam, carregando caixas de bugigangas e missangas para comerciar com os nativos.

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue