Há umas semanas, vi em diferido uma peça truculenta do Daily Show de Jon Stewart na qual se coligia as inúmeras gafes televisivas originadas pela semelhança entre os nomes de Obama e Osama - políticos, comentadores e jornalistas americanos, descaíam-se a chamar Osama a Barack Obama.
Agora, para agravar as coisas, o próprio Obama escolheu para vir a ocupar a vice-presidência (se for eleito, claro), um senador com o estranho nome de Joe Biden, estranho porque do somatório do nome dos dois obtém-se algo como Obama (Osama)-Bi-(La) den.
Venham as confusões!

Sem comentários:

Enviar um comentário

arenga sobre o amor

«Tu és a mulher amada: destrói-me! Tua beleza /Corrói minha carne como um ácido! Teu signo / É o da destruição! Nada resta / Depois de ti ...